segunda-feira, maio 11, 2009

E a história é o seguinte....

*
**
***
Um dia pelo orkut fiz um poeminha para minha amiga Marcella, por causa de uma brincadeira de rimar palavras:


"Essa é a Marcella...
não vem da favela
e nem cheira canela..
não deixe de escrever um L em seu nome
se não bicho come
e ela anda sempre com fome...
ela sonha em ir pra França
para mostrar sua dança
ela sempre tenta e não se cansa."
Ai o Pai dela escreveu via orkut também:
Oi,tudo bem? Sou o pai da Marcella,
foi vc quem fez o poeminha que tá na página dela? Abraços.
e depois novamente:
Lorene, Marcella confirmou que foi vc quem fez o poeminha que tá na página dela,achei mto legal e fiz um p vc,rs...claro q o seu é mais original e bunitim este é para homenagear sua sensibilidade,ok?
é este aqui:
Esta é a Lorene,
ela é amiga da Marcella
ela sonha, pula, canta e dança
ela tem um L
a Marcella tem dois
mas o que importa?
O que vale é:
a amizade,
a solidariedade,
a lealdade,
a fidelidade.
e eu respondi:
Olá Adalberto,
Pai e amigo por perto
Ouvi falar de você
Cella te ama, pode crê

Obrigada pela reciprocidade
De minha parte não é caridade
É admiração de verdade

E pra você Pai
Que parece que não cai
Na rotina que não quer parar
Mas escolheu cuidar e amar
Desejo muitas alegrias
E me despeço com euforia.
Bonita a história né???
eu adorei tudo... e está aqui registrado, pra eu lembra sempre...
*
**
***

2 comentários:

Luiz Lagares disse...

que bunitinho...
vc ficou me devendo um poeminha oks..rsrs

Adalberto disse...

E tem continuação,espere,ok?